Um Passeio no Jardim da Vingança, de Daniel Nonohay.

Por Narah Lorrana - julho 25, 2017

Livro: Um Passeio no Jardim da Vingança
Autor: Daniel Nonohay
Editora: Novo Século
Páginas: 301
Gênero: Ficção Científica, Suspense e Mistério

Sinopse:
Seja bem-vindo ao nosso futuro!
As grandes cidades convivem com a divisão entre as “zonas vigiadas” e suas periferias. O uso de drogas e medicamentos é disseminado, sendo controlado por laboratórios. Implantes cibernéticos são uma realidade, aumentando capacidades e aptidões, como a de memória, para aqueles que conseguem arcar com os custos. Religiões e grupos terroristas alimentam-se do descontentamento e das diferenças sociais.
Venha acompanhar a história de Ramiro, um advogado que perdeu o prazer de viver. Depois de quase ser morto, tenta retomar a rotina profissional e dar sentido ao que restou da sua vida. Em litígio com os sócios do escritório, parte como caçador em busca de uma vingança que o acabará transformando em caça.
Perseguido, doente e sem recursos, a sobrevivência de Ramiro dependerá da sua capacidade de improvisação, do seu conhecimento de sistemas de dados e das aptidões adquiridas com dois implantes cerebrais, que lhe permitem acesso à “rede” e aumentam a sua memória.
Um Passeio no Jardim da Vingança é um suspense denso, com personagens marcantes e amorais, que dão à narrativa múltiplos pontos de vista e linhas cronológicas, e onde a ficção científica é um pano de fundo para uma história na qual o personagem principal é a natureza humana.




Um Passeio no Jardim da Vingança nos apresenta Ramiro, um advogado viciado em drogas, famoso por seu sucesso profissional e sócio do escritório em que trabalha.

Após quase morrer em um atentado terrorista e passar um bom tempo no hospital, Ramiro tenta, sem sucesso, retomar sua antiga posição de chefia na empresa do Departamento de Direito do Trabalho. Frustado com a recusa, Ramiro trama uma vingança e descobre tarefas ilícitas do escritório. Como é possível de se imaginar, o demais sócios não irão apreciar essa perseguição e colocam seguranças para investigá-lo e acabam descobrindo as intenções de Ramiro em difamá-los. Isso pode custar muito caro e uma série de perseguição, segredos, suspenses, mistérios e vinganças se iniciam.

O livro tem um cenário futurístico onde as pessoas usam implantes cibernéticos muito avançados que possibilita os personagens armazenar vários dados em seu cérebro e ter acesso a internet. É um chip caro, usado apenas por quem pode pagar. Ramiro está acostumado a usar dessa memória para questões do trabalho, mas ele irá usar esse chip para o seu novo plano de vingança.


Em minha opinião, o ponto positivo do livro foi o destaque entre as diferenças de classes e de poder entre os cidadãos e de como o mundo ficou extremamente desumano e focado em valores desnecessário e em uma busca imensa por poder.

No início, a leitura é um pouco arrastada e cansativa, mas depois de algumas páginas lidas você consegue entender um pouco mais do enredo e ficar por dentro dos mistérios.


O autou soube, de maneira muito inteligente, transmitir uma boa proximidade com os personagens, nos deixando com aquela vontade de entrar no livro para salvar alguns personagens e liquidar com outros.


A criatividade que o autor usou para criar determinadas tecnologias citadas a cima foi brilhante, no entanto, achei que ele deveria explorar mais a função e o funcionamento de cada um. Fora isso, o enredo está perfeito, nos fazendo refletir sobre um futuro próximo e sobre as nossas ambições.




Um Passeio No Jardim Da Vingança é dividido em dua partes, que são denominadas de Livro I (presente) e Livro II (passado e futuro) e essas partes também são subdivididas em duas partes, fazendo o leitor ter uma visão mais explorada da história.
A diagramação e edição do livro estão impecáveis. A capa tem um crânio com um chip que se destaca em uma espécie de relevo e super combinou com a história. Bem chamativo, né? Uma capa nos chamando para conhecer uma história muito bem elaborada, criativa e tecnológica.


  • Compartilhe:

Você pode gostar também...

15 comentários

  1. Ótima resenha... fiquei curioso para ler esse livros. Esse tema "futurístico" como você disse, me agrada bastante. Parabéns... provavelmente ele irá para minha lista de leitura.
    Meu blog ---> https://amonstersvillains.blogspot.com.br/2017/07/fanfic-apresentando-sra-kyle.html

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia o livro mas adorei a resenha, adoro livros com essas ideias futurísticas, e esse me pareceu particularmente interessante. Ótima sugestão de leitura!

    https://proposicoesliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Adorei a resenha, ainda não conhecia esse livro. Eu gosto de temas futurísticos, esse me pareceu interessante, mas me pareceu esse livro ter um clima bem pesado e denso, nada de leitura leve, se é que me entende! Abraços

    ResponderEliminar
  4. Uaaau! Adoro livros assim! Outra realidade, fica difícil de imaginar, mas já pensou se o mundo mudaria a esse ponto?!! Muito intrigante. Sem dúvida vai entrar pra minha lista de desejos, já que ando procurando novos livros para ler! Beijos e sucesso!

    ResponderEliminar
  5. Eu acho super difícil trazer tecnologias futuristas para livros e admiro quem faz isso porque acho que eu não conseguiria hahahah Apesar disso a história não me chamou atenção. Beijos
    http://amorliterarioblog.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  6. Achei bem interessante, ainda mais sobre essa crítica à religião e o fanatismo. Além desse conteúdo incrível, a capa também virou minha queridinha <3

    Parabéns pelo post!

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderEliminar
  7. Que legal! Adorei o livro! Vou adicionar na lista!
    A resenha está fantástica! Nunca ouvi falar desse livro mas só pela capa e pela sua resenha vou adicionar na imensa lista! Kkk

    Beijos 😘

    ResponderEliminar
  8. Oii, ainda não conhecia o livro e adorei a proposta. Achei o enredo super criativo e original. O fato de envolver tecnologia ,lutas por poder e diferentes classes sociais, e vingança deve tornar a leitura super atrativa.
    Adorei a dica e as fotos <3
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Eu já tinha visto esse livro no insta. Adoro histórias futuristicas. Ainda mais que envolvem suspense e vingança. Acho que esse é meu tipo de livro. Onde eu encontro?

    ResponderEliminar
  10. Primeiramente preciso dizer que quero um chip desses, rs. Seria muito útil. E, apesar de saber da existência desse livro só agora, fiquei bem curiosa com essa pegada futurista dele, e a parte da vingança melhora ainda mais. Parabéns pela resenha! As fotos estão lindas.
    Bjo
    ~ Danii

    ResponderEliminar
  11. Não costumo ler esse tipo de livro mas agora deu até um interesse. A capa é realmente chamativa e a história não fica atrás também... Vendo assim até me da um certo medo desse futuro :/ , mas ao mesmo tempo deixa tudo mais fácil e organizado. Suas fotos como sempre estão maravilhosas u.u ... Adorei o post, bj.

    ResponderEliminar
  12. Amei a resenha e as sinceridades contidas nela, me fizeram prestar uma atenção ainda maior do que se fosse um festival de elogios.A foto e a estrutura do post merecem um elogio a parte ficaram realmente muito bons! Parabéns!! ♥ ~Elis Blog Pretenses

    ResponderEliminar
  13. As fotos estão incríveis! Como sempre... 🖤
    Eu tenho vontade de ler esse livro já a algum tempo, mas eu tinha visto algumas pessoas falarem que o começo é um pouco arrastado mesmo. Mas vendo sua resenha falando de vários pontos positivos me deu uma animada!!
    Super beijo!!


    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderEliminar
  14. Olá, tudo bom? :)
    Me parece que além de suspense, é uma distopia, certo? Eu sou doida por distopias e essa ai tem uns traços bem intensos, violência e muita opressão! fiquei suuuuper curiosa! Amei sua análise, parabéns!
    Beijos, Yasmim.

    Blog: https://literarte.blog.br/

    ResponderEliminar
  15. Olá, gostei do "ideias futurísticas", esse livro parece bem interessante e com temas atuais. Sua resenha está perfeita, um belo convite aos amantes de ficção cientifica, bjus.

    ResponderEliminar